Com 415 milhões de cristãos, Ásia é o continente onde cristianismo mais cresce

  • 07/02/2024

Com 415 milhões de cristãos, Ásia é o continente onde cristianismo mais cresce

A Ásia é o continente onde o cristianismo mais cresce hoje, de acordo com um relatório recente do The Center for the Study of Global Christianity, um centro de pesquisa que monitora dados sobre missões no mundo.

O estudo revelou que há mais de 415 milhões de cristãos no continente asiático. Desde 2020, a fé cristã cresceu a uma taxa de 2,11% na região.

A pesquisa mostrou que, apesar da perseguição religiosa e dos desafios de evangelização, a Igreja asiática continua crescendo.

Perseguição religiosa

A Ásia é uma das regiões com maior ocorrência de perseguição extrema e severa contra cristãos. Dos 50 países que formam a Lista Mundial da Perseguição 2024 da Missão Portas Abertas, 18 são nações asiáticas, incluindo o primeiro lugar do ranking: a Coreia do Norte.

O regime comunista de Kim Jong-un vê o cristianismo como uma ferramenta usada pelas potências ocidentais para colonizar outros países e continua a educar o público sobre os 'perigos' do clero, missionários e Bíblias.

Na China, o Partido Comunista Chinês (PCC) tenta reprimir o cristianismo cada vez mais, fechando igrejas, proibindo a venda de Bíblias e prendendo líderes cristãos.

Os crentes na Ásia ainda sofrem com a perseguição violenta e a pressão de extremistas islâmicos, hindus e budistas.

Na Índia, ataques contra pastores e missionários por parte de nacionalistas hindus se tornaram comuns, desde que o Partido Bhartiya Janata (BJP) chegou ao poder em 2014.

No Paquistão, os cristãos enfrentam ataques e ameaças frequentes, incluindo acusações de blasfêmia, assassinatos, violência de multidões, conversões forçadas e destruição de locais de culto.

Povos não alcançados

A Ásia também é um dos continentes menos alcançado pelo Evangelho, de acordo com o Joshua Project, uma organização cristã que realiza estudos sobre os povos não alcançados.

Em especial, os países do Sul Asiático, como Afeganistão, Bangladesh, Butão, Índia, Maldivas, Nepal, Paquistão e Sri Lanka.

Em seguida vem o Sudeste Asiático, que compreende Mianmar, Brunei, Camboja, Laos, Malásia, Singapura, Tailândia, Timor-Leste, Vietnã e Indonésia.

No continente asiático, há grupos de povos não alcançados, que ainda não possuem acesso a Bíblia, missionários ou igrejas, devido a questões geográficas ou culturais.

Tradução da Bíblia

Para alcançar essas pessoas, cristãos locais na Ásia se esforçam para traduzir a Palavra de Deus para diversas línguas da região.

Em 2022, um grupo de tradutores concluiu as traduções do Novo Testamento em 15 idiomas, falados por 9 milhões de pessoas, no Sul da Ásia. 

Este trabalho “não foi feito por missionários ocidentais, foi feito pelas pessoas que vão usar”, disse David Reeves, CEO da unfoldingWord, uma organização que atua na tradução de Bíblias.

Reeves continuou: “Em meio a alguns obstáculos difíceis — surtos de Covid, lockdown, dificuldades econômicas sérias, perseguição — eles continuaram trabalhando nisso porque queriam esses textos. Eles estavam cansados ​​de esperar que alguém aparecesse [e fizesse o trabalho].”

Mesmo em meio a perseguição e aos desafios da evangelização, o Evangelho está se espalhando pelo maior continente do mundo.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/com-415-milhoes-de-cristaos-asia-e-o-continente-onde-cristianismo-mais-cresce.html

Aplicativos


Locutor no Ar

Admin

Corujão

18:00 - 23:59

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Anderson Freire

Raridade

top2
2. Bruna Karla

Advogado Fiel

top3
3. Aline Barros

Casa do pai

top4
4. Anderson Freire

Acalma o meu coração

top5
5. Aline Barros

Ressuscita-me

Anunciantes